Procon Estadual divulga pesquisa de mensalidades de universidades

Campo Grande (MS) – A Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon/MS), ligada à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), divulga hoje (1.1) pesquisa de mensalidades de estabelecimentos de ensino superior da Capital e do interior.

A amostragem foi realizada em cinco universidades da Capital e três do interior, nos municípios de Costa Rica, Dourados e Três Lagoas e inclui alguns cursos de Educação a Distância. O levantamento completo pode ser consultado no site www.procon.ms.gov.br, no item “Pesquisa de Preços”.

No ranking dos cursos com maior variação de mensalidade na Capital, Farmácia, turno matutino, teve a maior variação média, de 116,3%, enquanto no interior, Pedagogia noturno foi o que obteve a maior variação, 60,65%.

Para o superintendente do Procon/MS em exercício, Rodrigo Vaz, a pesquisa contribui para uma melhor análise dos consumidores. “É comum ter variações nos preços em razão do turno escolhido e do período letivo, ou seja, com relação aos cursos que iniciam após os vestibulares de inverno e verão. É importante que o consumidor pesquise e analise também a qualidade dos cursos oferecidos em cada instituição”, pondera.

O Procon Estadual disponibiliza o número 151 e o Fale Conosco do site www.procon.ms.gov.br aos consumidores para informações e denúncias.

Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon/MS)